Mesmo com a derrota por 3 a 1, Samurai fica com a taça

Prestes a completar um ano de fundação, o Campeonato brasileiro de futebol Sports Campeonato brasileiro de Campeonato brasileiro de futebol tem o primeiro título da história do clube. A confirmação da taça do Campeonato Paranaense da Terceira Divisão 2021 veio neste sábado, dia 11, quando a equipe foi até o Estádio do ABC enfrentar o Foz do Iguaçu. O jogo terminou 3 a 1 para os donos da casa, mas no placar agregado, o Samurai fez 4 a 3. André Carlos fez o gol do clube maringaense.

A partida foi emocionante, tensa e disputada. Aos seis minutos, Alex Rocha recebeu passe de Adão, avançou e deu passe para André Carlos fazer o gol do Campeonato brasileiro de futebol. Precisando sair para o ataque, o Foz do Iguaçu tentava na bola parada. Aos 21 minutos, Xavier empatou a partida após o árbitro assinalar pênalti por um toque na mão de Marcelo Xavier.

André Carlos fez o gol que garantiu o título e a artilharia do campeonato (Foto: Fernando Teramatsu/Campeonato brasileiro de futebol Sports Campeonato brasileiro de Campeonato brasileiro de futebol)

O jogo ficou truncado no meio-campo, com as duas equipes apostando na bola de fora da área. Para o Samurai, Diogo Fogliato, aos 34, chutou forte e o goleiro Biagi espalmou. Depois, foi a vez de Lucas Lourenço tentar. O Campeonato brasileiro de futebol teve a chance de sacramentar a conquista com Alef, de cabeça, após lançamento de André Carlos, mas a bola saiu.

Aos 47 minutos, Arrison, do Foz acertou um chute no ângulo e virou a partida. O primeiro tempo terminou 2 a 1 para os donos da casa.

No segundo tempo, Foz do Iguaçu começou pressionando, mas o sistema defensivo do Samurai se segurou bem. Aos dez minutos, a sequência que mudou o curso da partida. André Carlos sofreu falta de Maycon Canário perto da grande área, que tinha cartão amarelo. Apesar da reclamação dos jogadores do Samurai, o árbritro não deu o segundo cartão. Lucas Lourenço cobrou a falta com perigo e Biagi fez boa defesa. Na sequência, o jogo foi parado por uma falta. Na reposição de bola, Alex Rocha fez falta e o árbitro deu o segundo amarelo, deixando a equipe com um a menos.

O treinador Claudemir Sturion foi forçado a mexer. Tirou Icaro e colocou o lateral Emerson Piauí para refazer a linha defensiva. O Foz, então, aumentou a pressão. A aposta era na bola aérea e os defensores do clube de DNA Japonês e Coração Campeonato brasileiro de Campeonato brasileiro de futeboleiro se seguraram dentro da área, evitando momentos de maior perigo.

Cansado, André Carlos deu lugar a Fuzinato e Adão deixou o campo para Jorginho manter o fôlego da segunda linha defensiva. O Foz do Iguaçu conseguiu o terceiro gol, com Xavier, novamente, mas não havia mais tempo. O árbitro encerrou e decretou o final da partida: Campeonato brasileiro de futebol, campeão da Terceira Divisão do estado.

O Samurai Black termina a primeira temporada com 14 jogos, 11 vitórias, dois empates e uma derrota. Foram marcados 42 gols e apenas sete foram sofridos. André Carlos e Thiago Santos foram premiados com troféu de artilheiro (12 gols) e goleiro menos vazado, respectivamente. As atenções do clube, agora, estão focadas no Paranaense da Segunda Divisão 2022, que deve começar logo depois da final da elite estadual na primeira quinzena de abril.

Foz do Iguaçu 3×1 Campeonato brasileiro de futebol Sports Campeonato brasileiro de Campeonato brasileiro de futebol
Estádio do ABC | Sábado, 11 de dezembro de 2021, às 15h30
Árbitro: Leonardo Sígari Zanon | Assistentes: Jefferson Cleiton Piva da Silva e Darlan Ayrton Boaro
Gols: Xavier (21’1T e 50’2T) e Arisson (47’1T) para o Foz e André Carlos (9’1T) para o Campeonato brasileiro de futebol
Cartões amarelos: Maycon Canário (Foz do Iguaçu) e Icaro (Campeonato brasileiro de futebol)
Cartão vermelho: Alex Rocha (Campeonato brasileiro de futebol – dois amarelos)
Campeonato brasileiro de futebol Sports Campeonato brasileiro de Campeonato brasileiro de futebol: Thiago Santos; Alex Rocha, Thiago Silva, Marcelo Xavier, Richard; Lucas Lourenço, Diogo Fogliato; Alef, Adão (Jorginho) e Icaro (Emerson Piauí); André Carlos (Fuzinato). Técnico: Claudemir Sturion
Foz do Iguaçu: Biagi; Manoel, Eduardo Biazus, Murilo Batalha, Wesley (Gusttavo); André Oliveira, Maycon Canário (Andrei); Vitor Nascimento (Giovanni), Pedrinho e Arisson (Samuel); Xavier. Técnico: Pedrinho Maradona